Manual do Servidor FIOCRUZ

Progressão e Promoção Funcional

 

DEFINIÇÕES:

  • Progressão é a passagem do servidor para o padrão imediatamente superior dentro da classe ou categoria atual de sua Carreira Funcional.
  • Promoção é a passagem do servidor do último padrão de uma classe ou categoria para o primeiro padrão da classe ou categoria imediatamente superior de sua Carreira Funcional.
  • É por meio da progressão e da promoção que ocorre o desenvolvimento do servidor nas carreiras (ou cargos)

 

REQUISITOS BÁSICOS:

  • Além dos pré-requisitos para ingresso na classe inicial das carreiras (ou cargos) do Novo PCCTPISP e do Plano de Ciência e Tecnologia, exige-se para Progressão/Promoção:

a) Interstício mínimo de um ano entre uma Progressão e a Progressão subsequente ou entre uma Progressão e a Promoção subsequente;

b) Avaliação de desempenho com alcance de nota individual igual ou superior a sete;

c) Que o servidor possua Doutorado ou Mestrado mais cinco anos; ou oito anos, de exercício de atividades internas ou externas à Fiocruz, para a Promoção do último padrão da classe de Tecnologista ou Analista Pleno I, para o padrão inicial da classe de Tecnologista ou Analista Pleno II, no caso específico das carreiras de Desenvolvimento Tecnológico e de Gestão;

d) Que o servidor possua Doutorado para Promoção do último padrão da classe de Assistente de Pesquisa para o padrão inicial da classe de Pesquisador Adjunto, no caso específico da carreira de Pesquisa;

 

INFORMAÇÕES GERAIS:

  • As Progressões/Promoções, quando cabíveis, ocorrem anualmente, no mesmo mês de ingresso do servidor na Fundação, com efeito financeiro retroativo ao dia de início do seu efetivo exercício, para os servidores com ingresso posterior a 31.07.2002;
  • Para os servidores com ingresso até 31.07.2002, as Progressões/Promoções, quando cabíveis, ocorrem a cada 29 de julho de cada ano.
  • Tipos de afastamentos que impossibilitam à progressão/promoção funcional: (Lei nº 8.112, de 11.12.1990; MP nº 2.174-28, de 24.08.2001 e CF, de 05.10.1988):

a) por Motivo de Afastamento do Cônjuge;

b) para Tratar de Interesses Particulares;

c) para o Desempenho de Mandato Classista;

d) Para Exercício de Mandato Eletivo;

e) Para Missão no Exterior;

f) Para servir em Organismo Internacional;

g) Abandono de Cargo;

h) Licença Incentivada;

i) Reclusão;

j) Disponibilidade;

k) Exoneração.

 

EXIGÊNCIA DOCUMENTAL:

  • Todos os pré-requisitos e requisitos mencionados - envolvendo escolaridade, tempo de exercício de atividade, avaliação de desempenho individual no período e condições específicas de afastamento/licenças - devem estar comprovados por documentos formais válidos, constantes dos assentamentos individuais do servidor, com base nos quais é atualizado o Sistema de Gerenciamento Administrativo - SGA-RH Módulo Progressão Funcional;

 

PROCEDIMENTO:

  • O SRH da unidade de lotação do servidor deve conferir os documentos apresentados pelo servidor, assinar e aplicar o carimbo de "confere com o original", encaminhando em seguida ao Segec/DDRH/Cogepe para alimentação do sistema de progressão.

 

FUNDAMENTAÇÃO LEGAL:

Atualização: 05/04/2017


Imprima esta página

Mudou de endereço? Foi redistribuído? Ganhou promoção?

Quais são os casos previstos em lei de substituição de chefia?
R: Os servidores investidos em cargo ou função de direção ou chefia e os ocupantes de cargo de Natureza Especial, terão substitutos, indicados em regimento interno, ou designados previamente pelo dirigente máximo do órgão ou entidade. Saiba mais.

Como fazer a remoção de um servidor, com ou sem mudança de sede?
R: O interessado deve fazer um requerimento justificando a sua remoção (a pedido), dirigido à sua chefia imediata e ao Diretor de sua Unidade de origem para autorização de seu deslocamento, com a devida anuência do Setor ou Unidade que irá acolher o requerente. Saiba mais.

O que é necessário para solicitar o afastamento para cursos de pós-graduação?
R: O servidor precisa obter autorização da Direção da Unidade, bem como a declaração da Instituição de ensino contendo o nome do Curso e o período a ser realizado, entre outras documentações. Saiba mais

 

Veja todas as perguntas e respostas

Fundação Oswaldo Cruz - Diretoria da Recursos Humanos
Av. Brasil, 4365 - Pavilhão Figueiredo de Vasconcelos/ Sala 215 Manguinhos - Rio de Janeiro - RJ
CEP: 21040-360 Tel: (21) 3836-2200/ Fax: (21) 3836-2180 | Ouvidoria Fiocruz